Limpeza e manutenção da caixa de gordura evitam obstrução de rede de esgoto

Compartilhe!

Ação evita o mau cheiro e a presença de animais peçonhentos.

A caixa de gordura é um componente do sistema de esgoto que deve ser instalada na saída de água da pia e de máquinas de lavar louças. Sua função é reter a gordura antes que o resíduo vá para a tubulação e caia na rede de esgoto da cidade. Esse equipamento funciona como um filtro e sua instalação é obrigatória em quase todos os municípios brasileiros. De PVC, concreto, fibra de vidro ou alvenaria, a caixa de esgoto precisa estar sempre bem vedada, possuir tampa removível e receber apenas os dejetos que não podem ir para a reciclagem ou lixo comum, como o líquido proveniente da limpeza com água e sabão.
A Atibaia Saneamento, responsável pelo esgotamento sanitário do município, orienta que a limpeza e manutenção das caixas de gordura devem ser frequentes. “A caixa de gordura atua como um filtro, elas são a primeira grande “peneira” para os dejetos que serão coletados e tratados pela empresa. A participação da sociedade para a melhora do esgotamento sanitário de Atibaia é essencial”, disse o gerente da Atibaia Saneamento, Sérgio Bovo.
Na prática, o estado de conservação da caixa de gordura deve ser verificado a cada 30 dias e, para que seja feita a limpeza, deve-se desligar a torneira da pia e não utilizar a máquina de lavar louças. Em seguida, com a utilização de avental e luvas, deve-se raspar a gordura, e retirar o excesso com uma pá ou até mesmo com uma peneira, que depois deve ser inutilizada. Para descartar, o morador pode colocar os resíduos em um saco plástico resistente e destinar para coleta de lixo comum. Um erro muito frequente, e que pode trazer ainda mais problemas, é o descarte da gordura no vaso sanitário. Quando isso é feito, há uma grande chance de que ocorra entupimento na rede de esgoto da cidade.
“Mantendo a caixa de gordura limpa é possível evitar entupimentos e extravasamentos de esgoto nas vias internas e externas, prevenindo transtornos à população, além de trazer benefícios para o sistema de tratamento de esgoto, já que a caixa de gordura é um dos primeiros procedimentos para limpeza dos resíduos”, afirma Bovo.
O gerente ainda ressalta que a manutenção preventiva normalmente custa menos que o desentupimento, que irá ocorrer mais cedo ou mais tarde, caso a limpeza periódica não seja realizada ou a residência não possua uma caixa de gordura instalada.

Deixe uma resposta