Atibaia recebe em janeiro mais de R$ 13 milhões em IPVA

Compartilhe!

Valor do imposto nos meses de fevereiro e março deve somar mais de R$ 10 milhões. A partir de abril, arrecadação cai e fica na média de pouco mais de R$ 1 milhão ao mês.

O Atibaiense – Da redação

 

A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo divulgou esta semana que Atibaia recebeu R$ 13.252.248,65 em IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) no mês de janeiro. Valor é R$ 1.175.944,22 acima do arrecadado no mesmo mês em 2019.

Já existia a expectativa de aumento no repasse do imposto para o município devido ao crescimento da frota de veículos. A Prefeitura divulgou na semana passada matéria sobre essa possibilidade de crescimento na arrecadação.

O montante recebido em janeiro é sempre o maior do ano. É quando a grande maioria dos proprietários de veículos opta por quitar o IPVA em parcela única, com desconto. Soma-se ainda o pagamento da primeira parcela, opção também de boa parte dos contribuintes. Em janeiro de 2020, foram repassados para Atibaia R$ 13.252.248,65. Em janeiro de 2019, o valor ficou em R$ 12.076.304,43.

Em fevereiro, quando é possível o pagamento à vista sem desconto e há a segunda parcela, a arrecadação costuma ser de pouco mais da metade do arrecadado em janeiro. Em 2019, ficou em R$ 6.257.511,33, valor R$ 476.500,32 acima que em 2018. Se a tendência de crescimento vista em janeiro se repetir, arrecadação de fevereiro deve chegar próxima aos R$ 7 milhões.

No mês de março, quando acontece o pagamento da terceira parcela, a arrecadação ficou em R$ 4.074.845,06 em 2019. Foi menor que março de 2018, que registrou R$ 4.235.979,56. Se for mantida essa média, serão mais de R$ 10 milhões entre fevereiro e março de 2020, crescimento em relação a anos anteriores.

A partir de abril ocorrem os pagamentos de quem vai licenciar o veículo naquele mês e precisa quitar o IPVA. A média costuma variar de R$ 1 milhão a R$ 1,4 milhão, dependendo do mês.

Durante todo o ano de 2019, Atibaia recebeu R$ 33.221.545,96 em IPVA. Com o crescimento da frota de veículos, esse valor deve ultrapassar com facilidade a casa do R$ 35 milhões.

Primeiro ciclo do IPVA 2020

A Secretaria da Fazenda e Planejamento fechou no final de janeiro balanço parcial do primeiro ciclo de pagamentos do IPVA de 2020. Foram arrecadados R$ 6.329.780.793 referentes a 8.210.981 de veículos, cujos proprietários quitaram o tributo à vista, com o benefício de 3% de desconto, ou efetuaram o pagamento da primeira parcela do imposto. O valor é cerca de 3,5% maior que o arrecadado em janeiro de 2019.

No total, 4.223.292 milhões veículos tiveram o IPVA pago integralmente, com desconto de 3%, resultando aos cofres públicos R$ 4.676.798.497. A Fazenda também registrou que proprietários de 3.987.689 veículos optaram pelo parcelamento e efetuaram o pagamento da primeira cota do imposto, totalizando R$ 1.652.982.296.

Esses valores são divididos meio a meio com os municípios paulistas e são recursos importantes para a gestão dos serviços públicos das 645 administrações municipais no início de cada ano. As cidades com maiores arrecadações do imposto até o dia 22 foram São Paulo (R$ 2,1 bilhões), Campinas (R$ 241,2 milhões) e São Bernardo do Campo (R$ 142 milhões).

O calendário de vencimento do IPVA teve sua sequência a partir de 11 de fevereiro. Os proprietários devem ficar atentos às datas de vencimento do tributo definidas de acordo com o final de placa para o pagamento à vista, sem desconto, ou para o pagamento da segunda parcela do imposto.

Para pagar o imposto, podem ser utilizados os terminais de autoatendimento, os guichês de caixa, a internet, débito agendado, ou outros canais oferecidos pela instituição bancária. O IPVA também pode ser pago em casas lotéricas.

É possível quitar o IPVA 2020 com cartão de crédito nas empresas credenciadas pela Secretaria da Fazenda e Planejamento. As operadoras financeiras conveniadas têm autonomia para definir o número de parcelas e adequar a melhor negociação com o contribuinte. Mais informações no site www.portal.fazenda.sp.gov.br opção IPVA (é possível consultar os débitos, ver as formas de pagamento e acessar os links das empresas que realizam o parcelamento no cartão de crédito).

Deixe uma resposta