Emil Ono quer deixar legado junto com Saulo

Compartilhe!

O atual vice-prefeito confirmou que é pré-candidato a prefeito na eleição de 2020 e fez um balanço do trabalho da atual administração municipal.

 

 

O Atibaiense – Da redação

O vice-prefeito Emil Ono (PSD) concedeu entrevista ao jornal O Atibaiense na última terça-feira (12) e confirmou sua pré-candidatura a prefeito em 2020. Emil também destacou que pretende deixar um legado, ao lado do prefeito Saulo Pedroso, com obras e ações realizadas no atual governo.
Emil foi vereador por dois mandatos, de 2009 a 2012 e de 2013 a 2016, ocupando a presidência da Câmara em duas ocasiões: em 2011 e em 2013. Durante o segundo mandato de vereador, se licenciou entre 2014 e 2015 para comandar a Secretaria de Governo da Prefeitura. Voltou para a Câmara em 2016, quando disputou a eleição ao lado de Saulo, como vice-prefeito. Desde 2017 ocupa o cargo de vice-prefeito e agora pretende ser o pré-candidato a prefeito do grupo de apoio ao atual governo.
Este ano Emil foi procurado por diversos partidos e acabou ingressando no PSD. “A maneira que eu fui acolhido pela diretoria estadual do PSD me agrada muito, a dinâmica de fazer política do PSD é totalmente diferente do partido que eu estava, na maneira que fui acolhido e tudo mais. Estou muito contente no novo partido. Fiz a escolha certa. Apesar de ter escolhido o PSD, converso com a liderança dos outros partidos sem nenhum problema, sou muito bem acolhido”, revela Emil.
Perguntado sobre suas pretenções para o ano que vem afirmou que é pré-candidato. “Sou pré-candidato a prefeito. Sobre o vice, é muito cedo para definir. Por enquanto é tudo especulação. Definições devem sair somente no final do primeiro semestre de 2020”, revela.
Emil conta que tem feito a lição de casa como pré-candidato. “Tenho articulado e realizado reuniões e encontros com lideranças de bairros e dirigentes de partidos políticos”, conta.
O vice-prefeito, no entanto, diz que apesar da agenda de trabalho apertada, sempre dedica um tempo à família. “Sou muito ligado à família. Filtro bastante os eventos que tenho que participar e dependendo da agenda, eu dou prioridade para a família. A família é para o resto da vida, o cargo é passageiro”, destaca.
Ao ser comparado com o pai Takao Ono, que dedicou quase 40 anos à vida pública, Emil diz que é difícil dizer se são parecidos. Isso porque Takao sempre preservou a família e não gostava que os filhos participassem do mandato. “Se você perguntar quantas sessões ordinárias de Câmara em oito mandatos do meu pai eu assisti, vou dizer nenhuma. Ele não deixava a gente participar. Ele só deixava quando havia uma sessão festiva”, relata Emil.
O vice-prefeito diz, no entanto, que as pessoas que conviveram com o pai afirmam haver semelhanças. “Não consigo fazer comparação até porque ele não queria que acompanhasse. Mas pessoas relatam que temos estilo muito parecido, por ser conservador, algumas vezes não se manifestar e quando se manifesta ter cuidado sobre o que falar, ser mais comedido. Isso sou parecido. Funcionários da Câmara falavam que eu era muito parecido com ele nos trejeitos, no jeito de falar, de ser observador. No fato de observar muito antes de se manifestar”.
O vice falou ainda sobre a importância de Atibaia ter um representante da cidade tanto na Assembleia Legislativa quanto na Câmara dos Deputados. “Se você observar a quantidade de verbas que Atibaia recebeu no primeiro mandato do Saulo, no período em que o Roberto Santiago era deputado federal, você vai perceber a importância de termos um representante na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa, que seja de Atibaia. Tentamos, na última eleição, mostrar para as pessoas que é importante ter um representante”, comentou.
Emil conta que esse projeto deve ter continuidade. “Precisamos ter alguém que represente nossa cidade. Sabemos que os repasses estaduais e federais fazem diferença”.
Sobre a atual administração municipal, Emil acredita que ficará um legado positivo ao lado do prefeito Saulo. “Como vice quero deixar legado junto com Saulo, assim como toda a equipe deixará. O prefeito pode ter boas ideias, mas se não tiver quem operacionalizar, não realiza como gostaria. É um trabalho em equipe, todos deixam legado, inclusive a Câmara. Sempre que a Prefeitura apresentou projetos a favor da população, os vereadores entenderam e apoiaram”, destaca Emil.
Fazendo um breve balanço do trabalho desenvolvido até agora, Emil afirma que a atual gestão tem procurado investir nos quatro cantos da cidade e em todas as pastas. Ele cita como exemplos a inauguração de novos postos de saúde, criação de novas bases da Guarda Civil Municipal, investimentos em infraestrutura, como pavimentação asfáltica em bairros e obras viárias, investimentos na Educação, com construção do CIEM II e ações que colocam a rede municipal com altos índices de qualidade. “ O prefeito e o vice podem ter boas ideias, mas se não tiver uma boa equipe para realiza-las não consegue nada. É nítido como Atibaia era antes e como é hoje. Até o fim deste mandato faremos ainda mais”, finalizou.

Deixe uma resposta