Lucas Cardoso volta à Câmara e disputará a presidência

Compartilhe!

O atual secretário de Segurança Pública e vereador licenciado deve retornar para a Câmara já na sessão da próxima terça-feira (19).

 

 

O Atibaiense – Da redação

O vereador licenciado e atual secretário de Segurança Pública, Lucas Cardoso, concedeu entrevista ao jornal O Atibaiense e confirmou a volta para a Câmara Municipal. Lucas deve ser candidato a presidente da Casa de Leis e tem se colocado como pré-candidato a prefeito.
A exoneração do cargo de secretário foi publicada na Imprensa Oficial. A expectativa é de que Lucas volte, já na sessão desta de terça-feira (19), para a cadeira de vereador.
No final de novembro, quando acontece a eleição da Mesa Diretora da Câmara e definição do novo presidente do Legislativo para 2020, Lucas conta que deve se candidatar para a presidência.
Ele destaca que independente de ser eleito presidente ou não, quer fazer um trabalho diferenciado como vereador. “Minha preocupação com voltar é fazer um bom trabalho, fazer o melhor possível. Se for para ser presidente, quero inovar, implantar mudanças. Foi como aconteceu na segurança, fizemos um grande trabalho de integração com a população que não existe no país. Alguns exemplos são o GGI Kids, a Corrida Solidária, agora a Cãominhada”.
“Quero ir além das sessões semanais. Já que estou voltando para a Câmara, estou pensando no que posso fazer de diferente. Na Segurança eu quis fazer o meu melhor e quis fazer diferente e estamos fazendo”, completou.
Lucas conta que já tem planos e ideias para eventos e ações na Câmara assim que voltar. “Se a Câmara é a casa do povo, o povo tem que estar lá. Desafio é levar o povo para Câmara”.
Além da possível eleição para presidente da Câmara, Lucas também já planeja o trabalho para a eleição de 2020. Na entrevista ele confirmou ser pré-candidato a prefeito. Dentro do grupo aliado ao atual prefeito Saulo Pedroso, hoje estão se colocando como pré-candidatos a prefeito Emil Ono, Luiz Fernando Pugliesi, Fabiano de Lima e Lucas Cardoso.
O nome a ser definido dentro do grupo só deve ser divulgado próximo à campanha eleitoral. Lucas avalia que vários critérios deverão pesar. Não apenas a aceitação dentro do grupo político, mas principalmente a aceitação da população. “O grupo político vai ter um peso na decisão, mas é preciso ver a vontade da população. Tem que ver quem a população quer como pré-candidato. Antigamente os grupos políticos apresentavam os candidatos 90 dias antes da eleição e tinham muito peso sobre a opinião se o candidato era bom ou não. Agora não precisa o grupo dizer que o candidato é bom, a população já acompanha diariamente nas redes sociais, já conhece o trabalho”, destaca.
Para viabilizar a pré-candidatura a prefeito Lucas pode se filiar ao partido Podemos, que tem como presidente Mario Inui. “Tenho o apoio do Mario dentro do grupo. O partido tem uma chapa boa de pré-candidatos a vereador e o próprio Mario pode ser pré-candidato a vereador”, conta.
Com a volta para a Câmara, Lucas faz um balanço positivo do trabalho desempenhado à frente da Secretaria de Segurança Pública. O GGI (Gabinete de Gestão Integrada) foi implantado em sua gestão, com um trabalho conjunto entre a Guarda Civil Municipal e as polícias Militar, Civil, Rodoviária Estadual, Rodoviária Federal, Ambiental e Corpo de Bombeiros.
“Na Segurança, trabalhamos muito. Fechamos o mês passado com apenas três furtos de veículos. Tem diminuído muito. A média era de 40 furtos ao mês, ano passado caiu para cerca de 20. Temos o mesmo efetivo que antes, temos a mesma estrutura. Mas temos o trabalho integrado do GGI, que tem dado resultado”, comemora Lucas.
O efetivo da Guarda Civil Municipal foi aumentado somente agora no segundo semestre. Com os novos guardas que tomaram posse após concurso público, o efetivo dobrou. Os novos membros podem ser vistos principalmente em rondas preventivas a pé.
“Realizamos, com o GGI, ações constantes de prevenção. Fazemos blitz, mostramos que estamos presentes na cidade. Isso inibe o crime, especialmente nas regiões de comércio”, explica Lucas.
A Guarda Civil Municipal também está recebendo reforço de equipamentos. Sete veículos Duster devem começar a circular em breve, ampliando o atual efetivo de viaturas e há nove motos que já estão nas ruas.

 

 

 

Deixe uma resposta