Acadêmicos do Tatuapé se apresenta este sábado na 1ª FECOMFEI

Compartilhe!

Festival de Comidas de Feira acontece neste sábado, com apresentação da escola de samba que vai homenagear Atibaia no grupo especial do carnaval de São Paulo.

 

 

A Associação dos Feirantes de Atibaia – AFAT (Feiras Livres), com o apoio da Prefeitura, da Feira Noturna e do Atibaia Show, promove um grande festival gastronômico no município: o Festival de Comidas de Feira de Atibaia – FECOMFEI, que será realizado neste sábado (16), das 16h às 23h, no estacionamento do Centro de Convenções (Al. Lucas Nogueira Garcez, nº 511, Vila Thaís). O evento contará com a apresentação especial da Escola de Samba Acadêmicos do Tatuapé encerrando as festividades.
O encerramento da escola de samba contará com a bateria, passistas, mestre-sala e porta-bandeira. A cidade de Atibaia foi escolhida como samba enredo 2020 da escola e esta apresentação será mais uma prévia do que a Escola vai mostrar no Carnaval de 2020.
Fundada em 1.952, a Acadêmicos do Tatuapé conquistou seu primeiro título de campeã da elite do Carnaval Paulista em 2017 e, em 2018, já foi bicampeã. Este ano, a agremiação foi a 7ª colocada e, em 2020, buscará o tricampeonato levando Atibaia à avenida, além da torcida de toda a população da cidade.
A entrada na 1ª FECOMFEI é gratuita e reunirá dezenas de barracas de comida das feiras livres que acontecem na cidade, oferecendo aos munícipes a oportunidade de aproveitar tudo em um só lugar. Além disso o festival contará com apresentações musicais com cantores e bandas e também haverá uma área kids para diversão das crianças, além de atividades culturais, esportivas e muito mais. Participe!

Confira a letra do samba enredo 2020 que canta Atibaia:

Ê viola! Inspiração da minha alma sertaneja
Ê viola! O meu paraíso abriu a porteira
O galo canta, anuncia um novo dia
Relicário de beleza o sol brilha em poesia
É sagrado esse chão…
No suor da enxada eu cresci de grão em grão
Lá vem o trem… Lá vai fumaça
O meu folclore é herança popular
Senhora do rosário de alumia
Salve águas de oxalá
Lê lê lê lê lê á… Vem pro nosso arraiá
Tem fogueira, quentão viva meu São João
Puxe o fole sanfoneiro pra viola chorar
O balão vai subindo pro céu enfeitar
Sou eu… Filho da terra onde mora a poesia
Um violeiro que seguiu em romaria
Oh mãe querida peço tua proteção
Trago no peito essa linda tradição
E o orgulho de viver nesse lugar… (Meu lugar)
Num “templo” de paz e amor
Das mãos calejadas a arte brotou
No alto da pedra, obra divina do meu criador
É carnaval
Sinto o perfume das flores
Um doce sabor no meu paladar
É Atibaia… Nos braços do povo à cantar
Ponteia viola… Bate o meu coração
Sou fruto da terra, raiz desse chão
Tatuapé… Comunidade guerreira
Levanta sacode a poeira

Deixe uma resposta