O LAGO DO MAJOR

Compartilhe!

Muito interessante a denominação desse logradouro público, importante ponto de atração turística de Atibaia. Essa denominação tanto pode se referir ao lago propriamente dito como ao local onde ele se localiza. Geralmente as pessoas expressama segunda alternativa. Então a gente ouve alguém dizer, por exemplo: “ontem eu caminhei no Lago do Major”. Para as pessoas que não conhecem esse lago ou esse local e nunca ouviram falar dele, soa estranho essa expressão. Certamente pensarão:“Mas como!? O que tem esse lago de diferente que possibilita caminhar nele? Será que ele congela no inverno”? Nada disso. É um lago comum. O que ele tem de diferente da maioria dos lagos em geral é que é artificial. Foi construído pela Prefeitura de Atibaia sei lá quando. Sei que na época, em que a Prefeitura teve a feliz ideia de criá-lo,eu não morava mais em Atibaia, pois aos vinte anos mudei-me para São Paulo. E também não vi sua construção, porque naquela época eu raramente vinha à Atibaia, diferentemente do que ocorre hoje. Creio que esse lago tenha sido criadoumas trinta décadas atrás.Isso foi feito, mediante a inundação de uma extensa região. Estranhou, meu caro leitor mais jovem? Mas é verdade. Uma região pantanosa foi inundada e se obteve esse maravilhoso lago. Tenho certeza disso porquequando eu estudava naquele mesmo colégio ali perto, nem o logradouro como ele é hoje, um local de lazer, e nem o lago existiam.
Mas por que, afinal,esse logradouro ou esse lago tem essa denominação?, perguntará algum de meus caros leitores que não conhecem esse detalhe da história de Atibaia. Muito simples. É porque esse lagofica próximo à Escola Estadual Major Juvenal Alvim, importante instituição de ensino localizada na Avenida Lucas Nogueira Garcez, um pouco adiante e abaixo do local onde ele se localiza.Quando estufei nesse instituição de ensino, sua denominação era COLÉGIO E ESCOLA NORMAL MAJOR JUVENAL ALVIM.
Pensando agora, mais especificamente,no significado da expressão Lago do Major, vemos que ocorre nela uma relação espacial. Geralmente expressões como essa indicam relação de posse, entre dois substantivos,como carro do João, vestido da Maria, ou então se refere ao material de que algo é confeccionado como saco de plástico, vaso de barroetc.
À primeira vista,quando se deparacom a expressão Lago do Major, principalmente quem não conhece esse lago nem nunca ouviu falar dele pode achar que ele pertenceu a um ilustre Major que teria sido proprietário desse terreno e o teria doado à prefeitura de Atibaia, como acontece quando alguém doa um terreno à cidade e então é dado seu nome a esse local, como uma rua por exemplo.É que, como normalmente acontece,a relação entre os dois substantivos, de uma expressão como essa, refere-se à posse de algo, as pessoas tendem a generalizar,acreditando que com relação a lago e a majorocorra a mesma coisa. No caso de Lago do Major, esse nome foi dado simplesmente porque o lagofica próximo ao MAJOR, denominação que as pessoas utilizam quando se referem ao estabelecimento de ensino localizado ali perto.Então costumam dizer: “quero estudar no Major”. Ou: “antigamente o ensino no Major era bem forte; hoje está muito fraco”.
Ignoro quem deu essa denominação a esselago. Não sei se foramautoridades da Prefeitura da cidade ou se foi o povo. Provavelmente foi o povo. Seja lá quem for quetenha escolhidoesse interessante nome para esse aconchegante local foi muito feliz na escolha que fez. Porque creio que o nomedesperta a curiosidade nas pessoas que ficam então estimuladas a conhecer esse “tal de Lago do Major” . Muitasdelas certamente gostarão do “Lago” e a ele retornarão outras vezes , além de recomendá-lo depois a seus parentes e amigos. .

Deixe uma resposta