Baile funk é interditado em Atibaia neste feriado de 7 de setembro

Compartilhe!

PRF, PMESP, GCM e Prefeitura de Atibaia participaram da ação.

Uma festa irregular que acontecia em Atibaia foi fiscalizada e interrompida durante o feriado de sete de setembro. Adolescentes consumiam bebidas alcoólicas, porções de maconha foram encontradas abandonadas no pátio do sítio onde era realizada e um jovem consumia lança-perfume. Também houve flagrante de crime ambiental. Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Prefeitura participaram da fiscalização conjunta do baile funk que acontecia sem alvará. Cinco pessoas foram indiciadas e 18 adolescentes encaminhados e entregues aos seus tutores.

A ação aconteceu após denúncia anônima sobre uma festa que acontecia em um sítio no bairro do Rosário, na Estrada do Coqueiro, e que no haveria grande concentração de adolescentes. Uma força tarefa da região de Atibaia foi montada e a fiscalização conjunta encontrou o baile funk às 15 horas. O som de um “paredão de som”, dispositivo acústico capaz de amplificar e reproduzir volumes muito altos, serviram para guiar a equipe, que encontrou duas pessoas no portão de entrada fazendo a cobrança de ingressos, sendo uma delas o promotor do evento.

Na área externa do sítio havia um jovem, já em maioridade, usando lança-perfume e outros consumindo bebida alcoólica. Também havia narguilé sendo fumado por alguns. Verificando o local, foram encontradas algumas trouxinhas de maconha, doses separadas para consumo individual, jogadas no chão do pátio.

A festa acontecia com o paredão de som funcionando em alto volume. Ele foi desligado e apreendido, devido ao cometimento de crime ambiental por poluição sonora. Cinco adultos foram detidos e encaminhados à delegacia da Polícia Civil em Atibaia para esclarecimentos e instauração de inquérito. Os 18 adolescentes também foram encaminhados à delegacia, após aviso ao Conselho Tutelar local, onde foram ouvidos e seus tutores chamados para levá-los.

Denúncias dessa natureza podem ser feitas ao Disque Denúncia, pelo telefone 181. Quando envolverem crianças ou adolescentes, também podem ser feitas pelo Dique 100 de forma anônima. Em rodovias federais, o telefone de emergência da PRF é 191. Todos esses números funcionam 24 foram horas por dias e sete dias por semana.

Fonte: Agência PRF

 

Deixe uma resposta