Recém-nascida engasgada é salva por bombeiros em Atibaia

Compartilhe!

Família ia para o hospital, às pressas, quando encontraram uma viatura dos bombeiros.

Na última terça-feira (26), uma recém-nascida de 22 dias engasgou e foi salva por uma equipe do Corpo de Bombeiros em Atibaia. Os pais de Liz Vitória receberam hoje (sexta-feira 30), na casa onde moram, os bombeiros que atuaram no salvamento. Segundo o pai de Liz, William Ferrari, a menina teve refluxo depois de mamar. O pai percebeu que ela parou de respirar e ficar roxa.

“Ela parou de chorar, ficava de boca aberta, se contorcendo. Então eu a abaixei e dei umas batidinhas nas costas. Ela soltou um líquido e voltou a chorar, achei que tinha melhorado”, disse William.

Segundo o pai, depois de 30 segundos a bebê voltou a se contorcer. Sem carro, ele saiu na rua com a criança nos braços pedindo ajuda. Correu até uma serralheria e pediu para o dono da loja levar a família de carro ao hospital mais próximo. No meio do caminho eles encontraram a viatura dos bombeiros:

“Eu estava descalço, com roupa de casa, porque saí correndo. O serralheiro levou eu e minha família [esposa, Liz e uma filha de 6 anos] para o hospital. No caminho vimos uma viatura do Corpo de Bombeiro e começamos a buzinar”, disse o pai.

Segundo o bombeiro Thiago Canale, que participou do salvamento, eles seguiam para o hospital, onde buscariam equipamentos, quando ouviram as buzinas de um carro. Os bombeiros encostaram a viatura e viram a mãe descendo com a bebê no colo, sem ar e roxa. A equipe fez a manobra de engasgo e avaliaram os sinais vitais da bebê. Liz foi levada para a Assistência Médica Ambulatorial (AMA) para acompanhamento. Segundo o William, agora a filha está bem e em casa. Ele diz emocionado que essa é a terceira vitória da filha:

“Ela nasceu prematura, com 35 semanas, depois disso ficou 17 dias na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e, por isso, colocamos ‘Vitória’ como sobrenome. Esse susto foi mais uma vitória dela”, disse o pai.

Fonte: G1

Deixe uma resposta