Em livro de contos, autor itatibense homenageia escritora Cassandra Rios

Compartilhe!

Contos para Cassandra, dedicado à escritora Cassandra Rios (pseudônimo de Odette Pérez Ríos) é o segundo livro do autor itatibense Miguel Arcangelo Picoli, publicado pela Editora FoxTablet.

O livro reúne dez contos com a temática de fundo que consagrou a escritora paulistana, o homossexualismo feminino. Nas palavras do autor trata-se de um livro com ênfase na afetividade, simplesmente um livro com histórias numa homenagem à artista das letras falecida em 2002.

“Sempre quis prestar homenagem a diversos nomes que a meu ver não tiveram o devido reconhecimento por seu trabalho na música, cinema, literatura e outras áreas, e Cassandra Rios é uma dessas artistas que demonstra incrível coragem, criatividade e influência, sendo a escrita sua forma de luta. Quem não conhece sua obra pode se encantar com as dezenas de títulos que marcaram época e a consagraram no mundo das letras.

O que mais seduzia em Cassandra era tratar o relacionamento entre mulheres como algo natural e não exótico ou ousado. Em seus romances a mulher era sujeito da própria história e a melhor forma de apresenta-la às novas gerações é sugerir a leitura de seus livros e assim o conhecimento de sua capacidade de criação e talento literário. Houve momentos na história em que apenas a arte e a ficção estiveram ao lado da mulher e a obra de Cassandra Rios se destaca muito além do preconceito e perseguição pela ditadura militar.

Com sua literatura simples, Cassandra Rios fez um retrato comportamental da sociedade da época, sendo a primeira autora a abordar de forma aberta o amor entre mulheres e falar de mulheres que sentiam desejo de um modo que mais ninguém ousava. Alvo preferencial da censura teve 70% dos seus livros publicados proibidos até 1974, numa tentativa de calar sua voz e apagar seu legado. O Estado considerava sua obra pervertida, desvio que devia ser combatido e foi um período em que as minorias viam em Cassandra uma oportunidade de obterem visibilidade na ficção. A escritora quebrou padrões e mostrou existirem leitores ávidos por conteúdo inovador mesmo quando a política e a cultura não se mostram favoráveis a avanços.

Seria extenso abordar aqui sua biografia, seus livros, a censura da qual foi vítima, seu sucesso, sua ousadia com assuntos que eram imensuráveis tabus ou sua importância para que minorias vivam hoje suas liberdades assumidas. Preferível ler seus livros. Cassandra Rios continua e será sempre sinônimo de mulher marcante, corajosa, lutadora, forte e inspiradora em todos os lugares.”

Mantendo o estilo pessoal e a linguagem simples, direta e acessível de seu primeiro livro “Momentos” (2018), publicado pela editora Desconcertos,autor não aborda o universo ou a realidade das mulheres que amam mulheres, optando pela ficção onde o tema surge naturalmente apresentando personagens em histórias para um público irrestrito:

“Considero essa leveza apropriada, ainda que a geração jovem veja o tema sem problemas e a geração mais madura, hoje com uma melhor compreensão. O preconceito ainda não envelheceu em nossa sociedade, não há como camuflá-lo nem o que tudo isso gera às pessoas e famílias, mas ao menos na literatura houve avanços que permitem o assunto ser abordado com naturalidade. O olhar e a mente das pessoas podem mudar. Cassandra Rios tinha na escrita sua forma de luta e enquanto houver uma pessoa que seja perseguida, que não seja respeitada, a luta continua. Esse livro é um passo para produzirmos em nossa cultura e sociedade um gesto contra o preconceito e a discriminação. É ficção, mas quem sabe algum dia seja normal para todos andar de mãos dadas com quem se ama.”

Contos para Cassandra será lançado no mês de setembro, em Morungaba durante a 13ª Feira de Artes e Artesanato no Centro de Eventos (CEM), à rua Fortunato Stella, 61 (em frente à rodoviária), dias 12, 13 e 14 (das 10 às 22 horas) e dia 15 (das 10 às 20 horas).

Em Itatiba o lançamento será na Livraria Toque de Letras, rua Campos Sales, 415, centro, dia 21, das 10h00 às 12h30.

Tendo o professor Rubens Pantano Filho como coordenador editorial, a publicação conta com prefácio de Losanges de Fátima Lozano, poema de Kátia Borges e capa de Maria Stela Marchiori.

Serviço:

Preço: R$ 25,00

Páginas: 138

Editora: FoxTablet

Formato: 16 × 23 cm

Acabamento: Brochura

Mês de lançamento: setembro de 2019

Onde encontrar:

Em Itatiba: já disponível na Livraria Toque de Letras, rua Campos Sales, 415, centro, tel. 4524-5925.

Em Morungaba: já disponível na Banca da Fabiana, rua Pereira Cardoso, 182, centro, tel. 99255-3008.

Pedidos também podem ser feitos diretamente com o autor através de e-mail (acsmiguelpicoli@gmail.com) ou em seu perfil no facebook.

Deixe uma resposta