Horta Municipal garante alimentos para instituições sociais de Atibaia

Compartilhe!

Entidades sociais e creches comunitárias da cidade recebem produtos orgânicos cultivados na Horta Municipal da Prefeitura.

Em Atibaia uma parceria entre o Fundo Social de Solidariedade e a Secretaria de Agricultura garante distribuição e abastecimento de verduras e hortaliças junto a entidades sociais e creches comunitárias do município. Os produtos, cultivados na Horta Municipal da Prefeitura, no bairro Cachoeira, proporcionam uma alimentação variada e de qualidade aos atendidos.
O trabalho e os cuidados para a manutenção da horta são realizados pela equipe da Secretaria de Agricultura. Os alimentos, todos orgânicos (produzidos sem o uso de agrotóxicos) beneficiam inúmeras pessoas, viabilizando uma qualidade de vida fundamentada na nutrição saudável.
Apenas no primeiro semestre deste ano, a horta garantiu alimentos para entidades sociais cadastradas no Fundo Social de Solidariedade e para creches comunitárias de Atibaia. Nesse período, foram distribuídas 223 caixas de alimentos, entre eles: alface; almeirão; brócolis; couve; couve-flor; escarola; jiló; quiabo; rabanete; e rúcula; abastecendo as despensas das instituições com alimentos diversificados para uma dieta balanceada.
A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Simone Cardoso, explica que o trabalho acontece graças a uma parceria. “Esse lindo trabalho é realizado com a união de forças para ajudar o próximo, mostrando a capacidade de transformação da solidariedade”, afirmou.
Recentemente ela esteve na Horta Municipal acompanhada do secretário de Agricultura, Mario Inui, para a colheita de produtos para as instituições. “Agradeço ao secretário Mario e toda sua equipe por essa grande parceria, pela dedicação na horta e, especialmente, pelo espírito de solidariedade. Obrigada também aos nossos parceiros nas entidades e creches comunitárias. Com essa ação estamos conseguindo oferecer mais qualidade de vida aos atendidos, mostrando a capacidade de transformação da solidariedade”, salientou Simone.

Deixe uma resposta