Sem mortes, Corredor Dom Pedro teve a passagem de 674 mil veículos durante feriado

Compartilhe!

Em cinco dias de Operação Especial, Rota das Bandeiras registrou 23 acidentes, com cinco feridos.

A Concessionária Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração do Corredor Dom Pedro de rodovias, registrou a passagem de 673.941 veículos em cinco dias de Operação Especial por conta do feriado estadual da Revolução Constitucionalista, celebrado na terça-feira, 9 de julho.

O movimento foi registrado entre a 0h de sexta-feira (5) e o fim da noite de terça.  No período, foram registrados 23 acidentes, que resultaram em cinco feridos. Não houve registro de acidentes fatais.

A rodovia D. Pedro I (SP-065), que faz importantes conexões com outras vias, como Anhanguera (SP-330), Fernão Dias (BR-381), Carvalho Pinto (SP-070) e Presidente Dutra (BR-116), concentrou quase 70% do volume total do Corredor Dom Pedro, com a passagem de 453.209 veículos. A via teve trânsito intenso somente na saída do feriado, no fim de tarde de sexta-feira.

Todo o movimento nas rodovias teve supervisão da Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo). Pela rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), circularam 107.919 usuários. Na região de Jundiaí, a Eng. Constâncio Cintra (SP-360) teve a passagem de 91.095 veículos, enquanto a Romildo Prado (SP-063) registrou a passagem de 21.718  motoristas.

Para ampliar a segurança dos motoristas e garantir as boas condições de tráfego, a Concessionária posicionou guinchos e ambulâncias em pontos estratégicos do Corredor Dom Pedro. Todo a movimentação das rodovias foi acompanhada pelas 91 câmeras de monitoramento do Centro de Controle Operacional (CCO).

Foto: Divulgação / Rota das Bandeiras

 

Deixe uma resposta