Servidores fizeram protesto pacífico durante o Desfile Cívico

Compartilhe!

No Desfile Cívico desta segunda-feira, 24 de junho, um grupo de servidores apresentou seu protesto diante das negociações do acordo coletivo com a Prefeitura. A manifestação foi pacífica, com cartazes criticando a postura do Executivo. Vestidos de preto, levaram rosas brancas nas mãos, distribuídas para a população e para as autoridades.
O grupo de manifestantes passou em frente ao palanque oficial na avenida da Saudade distribuindo flores. A presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Atibaia, Aparecida Edna de Souza, participou do ato, ao lado de outras lideranças da categoria. Para esta terça, 25 de junho, está prevista uma nova rodada de negociações e “os servidores esperam que seja feita uma nova proposta para a categoria, que atenda seus anseios”.
Segundo o servidor Tiago Soares Pereira, que publicou post em rede social sobre o protesto no Desfile Cívico, “hoje a população nos aplaudiu (e muito), sorriu para nós e literalmente nos estendeu a mão! Entenderam nossa luta. Entenderam que em primeiro lugar nós servimos a população. Hoje ao dar uma rosa a uma senhora de idade bem avançada eu ouvi um obrigado e vi um lindo sorriso. Hoje para mim significou que estamos presentes. Que lutamos pelos nossos direitos. Nós, humildemente, fizemos um ato que demonstra que queremos paz e respeito.”.
Os servidores dizem que sua luta é pelo repasse inflacionário de 3,94 % e pela manutenção do convênio médico. No feriado, 20 de junho, o Sindicato dos Servidores divulgou nota de esclarecimento, afirmando: “A grande maioria dos servidores não tem altos salários; a título de exemplo, o piso salarial gira em torno de R$ 1.200,00. Esclarecemos que as negociações estão se arrastando desde fevereiro e, até o presente momento, sem solução. Em paralelo a isso, os servidores e o sindicato estão sofrendo nas redes sociais, alguns ataques, que demonstram a intenção de tumultuar o trabalho do sindicato, confundindo a categoria com relação às ações realizadas. Fiquem atentos (as) à veracidade dos fatos, verifiquem informações e chequem as postagens e comunicados oficiais do sindicato”.
O jornal O Atibaiense também foi alvo de ataques verbais em rede social. Servidores mais exaltados não entenderam que o jornal está acompanhando, com isenção e equilíbrio, as movimentações, tanto da Prefeitura quanto do funcionalsimo. Antes de reagir aos títulos, precisam ler com cuidado as matérias na sua íntegra. A expectativa do jornal é de que o conflito seja superado e ambas as partes realizem o melhor acordo possível, sempre considerando o interesse maior da população. O papel dos servidores é servir.

Foto: Rede Social

Deixe uma resposta