Moradores do Estoril reivindicam solução para o mau cheiro da Estação de Tratamento

Compartilhe!

O vereador Militão seu reuniu com o prefeito e com os moradores do Estoril para discutir o problema pois além do mau cheiro, caminhões estão sujando as ruas no entorno.

O vereador Ademilson Militão (DEM) organizou agenda com o prefeito Saulo Pedroso, no gabinete do Fórum Cidadania, para receber os moradores do bairro Estoril, que reivindicam solução para o mau cheio da Estação de Tratamento de Esgoto.

Além do mau cheiro, os moradores se queixam da sujeira, nas ruas do entorno, provocada pelos caminhões utilizados nas obras de ampliação e modernização da ETE. Essas obras são realizadas pela Atibaia Saneamento, empresa do Grupo Iguá, que na reunião estava com três representantes.

O prefeito mostrou imagens aéreas da estação sobre a evolução dos trabalhos. Um novo sistema de areação está em implantação. Com investimento previsto de R$ 60 milhões, a unidade vai passar de 100 litros por segundo para 300 litros por segundo de efluentes.

Segundo a empresa responsável, o tratamento do esgoto na ETE Estoril é realizado por meio de bateladas. O efluente é tratado por fluxo contínuo de aeração prolongada, ou seja, pela liberação de oxigênio para decomposição da matéria orgânica, com índices melhores de remoção das impurezas e neutralidade de odor.

  Os representantes da Atibaia Saneamento confirmaram na reunião organizada pelo vereador Militão que a conclusão da 1ª fase da obra será agora em junho. O pleno funcionamento foi programado para o primeiro semestre de 2020. A Atibaia Saneamento é uma parceria público-privada, junto à Companhia de Saneamento Ambiental de Atibaia (SAAE), com duração de 30 anos.

Deixe uma resposta