Moradores reclamam: lago do Jardim Paulista tem “cantinho da maconha”

Compartilhe!

Eles sugerem que a Guarda Municipal poderia fiscalizar o local com o objetivo de identificar os jovens e orientá-los.

Moradores do Jardim Paulista reclamam: lago do bairro tem um “cantinho da maconha”. Nesse ponto, jovens costumam fumar cigarros de maconha, geralmente em postura pacífica. A droga está associada à criminalidade e esse aspecto preocupa os cidadãos, que pedem providências às autoridades.
Eles sugerem que a Guarda Municipal poderia fiscalizar o local com o objetivo de identificar os jovens e orientá-los. Programas voltados aos usuários foram criados por diversas prefeituras, caso de São Paulo.

COMO É NA CAPITAL
Na Capital, implantou-se em 2014 bolsa – vinculada ao programa de Braços Abertos – para usuários de drogas, que recebiam R$ 500 por mês em troca de serviços de varrição de ruas, reciclagem e jardinagem.
A atual administração paulistana optou pela modelo do Redenção, programa voltado ao tratamento de dependentes químicos. Essa nova política de trabalho tem foco na qualificação, autonomia e empregabilidade. Os beneficiários cumprirão 20 horas semanais obrigatórias de participação, segundo a Prefeitura. O período será dividido em 8 horas semanais em frentes de trabalho, com quatro horas semanais de atividades em grupo e individuais personalizadas para estabilização socioemocional e, por fim, mais 8 horas semanais de capacitação profissional.

INICIATIVAS LOCAIS
A Prefeitura de Atibaia tem iniciativas ligadas ao problema. Como a cidade está entre as treze urbes da região mais afetadas pelo crack, montou-se a “Semana da Prevenção de Uso de Álcool e outras Drogas”.
A Secretaria de Saúde de Atibaia informou recentemente que recebe mais casos relacionados ao uso de maconha e cocaína e não tem recebido casos de jovens em uso de crack. Ainda segundo a secretaria, os jovens fazem uso intenso de álcool, cocaína e derivados de anfetamina, como Ecstasy, inclusive em populações de melhor poder aquisitivo.
Além da Semana da Prevenção de Uso de Álcool e Outras Drogas, realizada pela Coordenadoria Especial da Cidadania e pelo COMAD – Conselho Municipal Antidrogas – Atibaia desenvolve trabalho de combate às drogas e de conscientização da população sobre o perigo que representam – oferecendo serviços específicos à população nas áreas de Saúde e Assistência Social.

O Atibaiense – Da redação

Deixe uma resposta