Coletores de lixo encerraram a greve e retomaram os trabalhos

Compartilhe!

Ontem, no Jardim Paulista, o jornal O Atibaiense conversou com coletores. Eles disseram que seis integrantes do movimento foram demitidos e outros contratados.

Os coletores de lixo em Atibaia voltaram ao trabalho no sábado, encerrando greve iniciada na sexta-feira, 8 de março. A paralisação se deveu, segundo o sindicato da categoria, à falta de pagamento de salários, benefícios, má conservação dos caminhões de coleta, entre outros motivos. Os coletores citaram atraso no pagamento dos salários, pagamento de férias atrasadas e atrasos no recolhimento de FGTS e INSS.

Ontem, no Jardim Paulista, o jornal O Atibaiense conversou com coletores. Eles disseram que seis integrantes do movimento foram demitidos e outros contratados. O Sinditerceirizados, entidade dos coletores, ressaltou que o segmento aguarda providências, tanto do município quanto da empresa responsável, no sentido de condições dignas de trabalho para os coletores e varredores da cidade, “tendo em vista o serviço prestado ser essencial e de saúde pública”.

A coleta de lixo é uma atividade extremamente insalubre. Os coletores com quem O Atibaiense entrou em contato, estavam sem máscaras (proteção contra o mau cheiro) e se queixaram de sede, na manhã quente de domingo. A SAAE também informou à população que os funcionários da empresa contratada para coleta de lixo “retomaram, parcialmente, os trabalhos”.

Deixe uma resposta