Corredor Dom Pedro tem previsão de passagem de 870 mil veículos no Carnaval

Compartilhe!

Operação Especial da Concessionária Rota das Bandeiras terá seis dias de duração.

A Concessionária Rota das Bandeiras prevê a passagem de 870 mil veículos pelas rodovias que formam o Corredor Dom Pedro durante o Carnaval. A Operação Especial, com supervisão da Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo), terá início à 0h de sexta-feira (1) e se estenderá até o fim da quarta-feira de Cinzas (6).

O movimento previsto é ligeiramente superior ao verificado em 2017, quando circularam 856 mil veículos. Para evitar o risco de formação de fila nas praças de pedágio da rodovia D. Pedro I (SP-065), a Concessionária realizará operação papa-fila durante os horários de pico. As obras também serão suspensas. A via, que serve como ligação entre a Região Metropolitana de Campinas (RMC) e as praias do litoral norte, deve receber 600 mil veículos durante os seis dias.

Além da D. Pedro I, a Rota das Bandeiras espera a passagem de 133 mil veículos na rodovia Professor Zeferino Vaz (SP-332) e 108 mil veículos na Eng. Constâncio Cintra (SP-360), entre Itatiba e Jundiaí. O menor fluxo previsto é o da rodovia Romildo Prado (SP-063), com a passagem de 27 mil usuários.

O maior movimento na saída para o Carnaval deve ocorrer na sexta-feira (1), quando o trânsito deve ficar mais intenso a partir das 16h. O fluxo de veículos deve se manter intenso até as 22h. No sábado (2), a Concessionária espera tráfego intenso na parte da manhã, das 7h às 11h. Na volta para casa, o trânsito deve ficar concentrado entre a tarde de terça-feira (5) e a manhã da quarta-feira de Cinzas (6).

Toda movimentação será acompanhada pelas 91 câmeras de monitoramento do Centro de Controle Operacional (CCO) da Concessionária. Guinchos e ambulâncias ficarão posicionados em pontos estratégicos para garantir a agilidade em casos de socorros médicos e mecânicos. O motorista que precisar de auxílio pode entrar em contato com a Rota das Bandeiras por meio do telefone 0800-770-8070. A ligação é gratuita e o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) funciona 24 horas.

O coordenador de tráfego da Rota das Bandeiras, Murilo Perez, destaca que os motoristas devem fazer uma revisão básica do veículo antes de iniciar a viagem.

“Atitudes simples evitam que o veículo fique parado na rodovia, o que acaba por prejudicar a viagem de todos. É importante verificar o nível do óleo, condições dos pneus e fazer um teste do freio e das luzes. Muitos motoristas também se esquecem de ver as condições do estepe e dos para-brisas,  outros itens que devem estar em ordem para garantir uma folia sem sustos”.

Foto: Rota das Bandeiras

Deixe uma resposta