A importância da arte e da cultura em tempos efêmeros e tecnológicos

Compartilhe!

Em uma sociedade cada vez mais tecnológica, o contato direto com qualquer expressão artística faz com que tenhamos a necessidade vital de resgatar o encontro com o humano e consequentemente com nós mesmos.
A arte tem o poder transformador. Através da arte conseguimos perceber e entender melhor o mundo que nos cerca, ampliando assim o nosso horizonte e nos tornando seres humanos melhores, mais livres e saudáveis.
Pensando nisso, Ronaldo Peranovich, nascido e criado em Atibaia, fundou junto com Alexandre Acquiste, o Núcleo Meraki. Grupo que promove peças de teatro, oficinas culturais e movimentos artísticos por várias cidades do interior e na capital paulista.
O grupo já levou peças para as Redes Sesc do interior e atualmente está em cartaz no teatro Municipal de Santo Amaro com o espetáculo infantil “O Trato, o Gato e o Jacaré” até o dia 7 de Outubro. O texto fala sobre os ciclos da vida e apresenta a morte de forma leve e poética para crianças de todas as idades, a dramaturgia é de Ronaldo Peranovich.
Através da magia do teatro e das artes, o grupo promove debates sobre temas que precisam ser discutidos em sociedade e gerem evolução e desenvolvimento pessoal em cada indivíduo.
Ronaldo viveu praticamente toda a sua vida em Atibaia, frequentou a escola José Alvim no centro da cidade e iniciou sua carreira artística ainda muito jovem. Foi aluno de José Domingos Massoni, maestro e dirigente da Banda 24 de Outubro por mais de 60 anos e depois seguiu os estudos com Charles Hiram.
O ator, escritor e músico, conta que iniciou um processo de pesquisa para um novo espetáculo que traz como tema as memórias e lembranças de idosos e dos tempos antigos. Essa iniciativa também traz um olhar de urgência e atenção para o abandono e a solidão de várias pessoas durante a terceira idade.
O projeto visa manter lembranças e histórias do tempo passado vivas, e compartilhar toda sabedoria que os mais antigos acumularam durante sua jornada. O projeto ainda está na concepção e não tem previsão para estréia.
“Algo que eu posso garantir é que Atibaia estará muito presente no desenrolar deste novo trabalho. Não tem como falar de passado e de lembranças sem citar essa linda cidade que vivi durante 24 anos e que sempre acolheu muito bem minha família”, diz Ronaldo.

Deixe uma resposta